Mundstock Arquitetura

Biofilia


Compartilhar

Você já ouviu falar de biofilia?

Edward Osborne Wilson definiu como biofilia “uma tendência natural a voltarmos nossa atenção às coisas vivas”. Na arquitetura, é uma estratégia que busca reconectar as pessoas com o ambiente natural.

Hoje, vivemos um momento de alta competitividade no mercado de trabalho e em constante mudança. A nova geração, chamada geração Y, estabelece uma mudança de valores, apresentando os perfis de empregador e colaborador. A busca por mais desafios, uma estrutura de trabalho mais flexível, um ambiente mais dinâmico e informal é o que lhes chama atenção. Os avanços tecnológicos fazem com que as pessoas estejam cada vez mais conectadas e interagindo.
Essa mudança traz as empresas a necessidade de se transformar para reter as pessoas, e a biofilia é uma estratégia a ser aliada. Ambientes humanizados trazem índices impressionantes na rotina de trabalho:

– Bem estar 15%

– Criatividade 15%

– Produtividade 6%

Esses resultados mostram que as empresas só tem a ganhar, destacando-se pelo formato de trabalho e motivação da equipe. Pesquisas mostram, também, que os elementos mais desejados em ambientes são:

– Luz natural 44%

– Plantas 20%

O contato com a natureza é essencial para o bem estar humano e a projetar aliando a biofilia é a resposta.

MundstockArquitetura_CC17 (2) Mundstock Arquitetura + Red (44)
(Foto de Marcelo Donadussi)
Sala de Reuniões Informal, Mundstock Arquitetura – Casa Cor 2017
Flowork, Mundstock Arquitetura